Araxá é história e lazer com suas águas termais

                Para conhecer um pedaço de Minas Gerais onde parte da história do Império se funde com as delícias de uma estância hidromineral, vá para Araxá distante a 374 quilômetros de Belo Horizonte. Fundada em 1791, a cidade ganhou destaque internacional quando o naturalista francês August de Saint-Hilaire conheceu suas águas medicinais em 1819, na mesma época em que a cortesã Dona Beja se tornava famosa por escandalizar a corte imperial com suas aventuras amorosas.

         As Termas de Araxá são o principal atrativo da cidade ao lado dos museus Dona Beja e Calmon Barreto, também duas visitas obrigatórias. Com a construção iniciada em 1938, o conjunto arquitetônico criado por Luiz Signorelli em estilo neo-clássico de 45 mil metros quadrados foi inaugurado por Getúlio Vargas em 1944 depois de receber um belo projeto paisagístico assinado por Roberto Burle Marx.

         Tauá Grande Hotel

         Hoje as Termas de Araxá fazem parte do Tauá Grande Hotel que cobre uma imensa área de 400 mil metros quadrados. Ricamente decorado, as instalações remontam aos anos dourados das décadas de 1940 e 50 quando ali existia em plena atividade um dos cassinos mais famosos do país. Viajar no tempo é caminhar por seus imensos corredores revestidos em mármore de Carrara, ver os lustres trazidos da Bélgica, as janelas com cristais bisotados da Boêmia, o mobiliário europeu e até um pub tipicamente inglês com seu balcão, mesas e cadeiras vindas de lá.

        São 283 quartos divididos em 11 categorias sendo 4 tipos de suítes. O sistema de reservar é all inclusive com todas as refeições embutidas no preço da diária. O cardápio dos jantares homenageia diferentes países a cada noite, proporcionando uma boa variedade de opções. A programação de lazer é tão intensa que é preciso reservar um período para aproveitar as águas medicinais e dos tratamentos de beleza que incluem banhos sulfurosos e radioativos, cromoterapia, acupuntura e massagens com uso de lama indicada para combater as doenças da pele e problemas nas articulações.

        A cada época do ano o hotel promove shows ou espetáculos especiais. O destaque é a Páscoa Iluminada que apresenta parte da história bíblica com atores num palco montado no lado externo do prédio. As imagens projetadas na fachada principal do hotel são impressionantes com a trilha sonora formada por músicas religiosas. Imperdível.   

Citroën C4 Lounge

         Fomos a Araxá testando o modelo C4 Lounge Executive equipado com motor turbo THP Flex com 173 cavalos de potência. O sedã da Citroën é muito bem equipado. Seus bancos de couro são extremamente confortáveis e os comandos no volante e no painel de fácil acesso e funcionalidade. Ele vem equipado com seis airbags, controle eletrônico de estabilidade com os sistemas ESP e ASR que garantem curvas suaves e seguras mesmo em alta velocidade.

         O motor responde rápido ao toque do acelerador através do câmbio automático de seis velocidades e o recurso extra das funções Sport (para pistas de alta velocidade) e Eco (para um trajeto em que se busca economia). Com destaque o grande porta-malas de 450 litros de capacidade e o botão Start Stop que substitui a chave de partida. A versão testada foi o modelo 2017 que recentemente foi substituído pelo Novo C4 Lounge que recebeu um novo design em suas linhas exteriores.

 

http://araxa.mg.gov.br/arquivo/turismo.pdf

http://termasdearaxa.com.br/

www.tauaresorts.com.br/araxa

www.citroen.com.br/veiculos-novos/citroen/c4-lounge.html

 

Adolfo Stulman é jornalista formado pela ECA-USP com pós-graduação em Ciência Ambiental pelo PROCAM-USP. Especializado nos segmentos de Turismo, Hotelaria e Transportes, recebeu o título de Explorador do site TripAdvisor onde conquistou o grau 5 como avaliador em Turismo e Hotéis.

 

No Comments Yet.

Deixe uma resposta